Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 21 DE NOVEMBRO DE 2017

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  20/11/2017   Chamadas de satélite não partiram de submarino desaparecido na Argentina, diz Marinha - Pelo menos 400 sinais foram analisados, mas nenhu...     20/11/2017   Preço do combustível varia, e muito, até dentro da mesma cidade - Em SP, diferença entre posto mais caro e o mais barato chegou a 27%. Ag...     20/11/2017   Marinha da Argentina analisa "ruído" detectado em área de busca de submarino desaparecido - Barulho foi ouvido por duas embarcações argen...     20/11/2017   Indústria do petróleo deve criar 500 mil vagas de trabalho em cinco anos - Leilões de novas áreas de exploração devem aquecer mercado. At...     20/11/2017   Marinha argentina vai analisar ruído vindo de região onde submarino desapareceu - O porta-voz da Marinha argentina, Enrique Balbi, inform...     20/11/2017   Petróleo abre em baixa em Nova York, a 56,08 dólares o barril - O petróleo abriu em queda nesta segunda-feira em Nova York, com os mercad...     20/11/2017   Estaleiros cogitam uso de Fundo da Marinha - Na movimentação para salvar seus negócios, o Estaleiro Atlântico Sul conta com a ajuda das l...     20/11/2017   Cresce a pressão contra a exploração de Petróleo na Bacia do Alentejo, em Portugal - Aumentou o movimento contra a exploração de Petróleo...     20/11/2017   Honorários dos Despachantes Aduaneiros serão pagos através do Siscomex - Expectativa do Presidente do SINDASP, Marcos Farneze, é de que a...     20/11/2017   JAGUAR E TOP CAR PROMOVEM EXPERIÊNCIA DE PISTA COM SUPER ESPORTIVOS - Nova Santa Rita, Novembro de 2017 – Que tal testar um Jaguar com ma...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

13/11/2017

Opel apresenta novo plano de recuperação à PSA

Empresas

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

Volta à rentabilidade e eletrificação em todas as linhas estão entre as metas


REDAÇÃO AB

A Opel e a Vauxhall, por meio do CEO, Michael Lohscheller, apresentaram seu novo plano estratégico global denominado Pace! ao seu novo controlador, o Grupo PSA, que tem como principal objetivo restaurar os fundamentos financeiros da empresa e melhorar a competitividade e o crescimento de forma sustentável. As premissas apontam para um retorno à rentabilidade até 2020, eletrificação em toda a linha até 2024, a busca pela melhor eficiência nos padrões de custos de produção, logística, massa salarial e faturamento. Pelo plano, a montadora pretende tornar seu centro de pesquisa e desenvolvimento de Rüsselsheim, na Alemanha, um centro de competência global do Grupo PSA, além de manter e modernizar todas as fábricas e evitar demissões.

“Este plano é fundamental para nossa empresa, a fim de proteger os funcionários dos ventos contrários e fazer da Opel/Vauxhall uma companhia sustentável, rentável, eletrificada e global. Nosso futuro estará assegurado e a excelência alemã contribuirá para o desenvolvimento do Grupo PSA. O plano já começou a ser executado e todas as equipes estão comprometidas com a realização dos objetivos”, declarou em nota o CEO, Michael Lohscheller.

Nas ações financeiras, o conjunto das iniciativas prevê um duplo objetivo de gerar fluxo de caixa livre operacional positivo e margem operacional corrente para a divisão automotiva de 2% até 2020 e de 6% até 2026. Segundo a Opel, as sinergias anuais para o Grupo PSA devem atingir até € 1,1 bilhão até 2020 e € 1,7 bilhão até 2026. Todas as medidas, segundo o plano, contribuirão para reduzir o ponto de equilíbrio financeiro (break-even) da Opel/Vauxhall para 800 mil veículos, criando um modelo de negócios lucrativo, quaisquer que sejam as adversidades futuras.

Em termos de produto, a Opel e a Vauxhall pretendem eletrificar todas as linhas de veículos na Europa até 2024, com motor 100% elétrico ou plug-in híbrido, que serão complementados por versões com motores a combustão mais eficientes. Até 2020, serão quatro linhas de veículos elétricos, incluindo a nova geração do Corsa, em 2019, e o Grandland X híbrido recarregável.

Todos os novos veículos da Opel e Vauxhall serão desenvolvidos pelo centro de P&D de Rüsselsheim, na Alemanha, que será transformado em um centro de competência global para todo o Grupo PSA. No total, o número de plataformas utilizadas pelas duas marcas será reduzido de nove para duas até 2024, ambas da PSA: CMP e EMP2 serão introduzidas em todas as fábricas da Opel e Vauxhall e todos os nove modelos com lançamentos previstos até 2020 serão sobre estas arquiteturas. As famílias de motores também serão reduzidas, passando de dez para quatro. Além disso, já estão sendo identificadas expertises do centro de P&D para as áreas de células de combustível, tecnologias de condução autônoma e de assistência à condução.

“Alinhando a arquitetura e as famílias de motores reduziremos consideravelmente a complexidade do desenvolvimento e da produção, gerando economias de escala e sinergias que contribuirão para nossa rentabilidade global”, enfatizou Lohscheller.

O plano determina a redução de custos de € 700 por veículo até 2020, ao mesmo tempo em que planeja aumentar despesas de marketing em mais de 10%. A fim de elevar a eficiência global, a empresa simplificará suas operações e funções: a relação entre despesas gerais, administrativas e faturamento passará de 5,6% para 4,7%; é prevista ainda melhora das despesas em P&D e Capex de 7% a 8% do faturamento automotivo, processos administrativos e de produção até 2020, além da liberação de € 1,2 bilhão de capital de giro até 2022.

A Opel e a Vauxhall também devem ingressar em mais de 20 novos mercados de exportação até 2022, além de lançar novos modelos com o objetivo de aumentar suas vendas em 25% entre 2017 e 2020. Paralelamente, a empresa vai estudar a viabilidade de abrir operação da marca em outros países no médio prazo. Lohscheller admitiu que Brasil e China estão entre as regiões serão avaliadas neste levantamento.

 

Por REDAÇÃO AB

 

Link(s) Relacionado(s): www.transgabardo.com.br  www.rglog.com.br 

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Decisiva na expansão da Volvo na América Latina, fábrica de cabines completa 20 anos

Shanghai e Eletrosul firmam acordo

MAN Latin America vence licitação para entregar 100 ônibus na Bahia

Ford prepara novo ciclo de investimentos

PETROBRÁS FAZ NOVA CAPTAÇÃO E REALIZA PAGAMENTO ANTECIPADO DE FINANCIAMENTO

Chamadas de satélite não partiram de submarino desaparecido na Argentina, diz Marinha

Preço do combustível varia, e muito, até dentro da mesma cidade

Marinha da Argentina analisa "ruído" detectado em área de busca de submarino desaparecido

Indústria do petróleo deve criar 500 mil vagas de trabalho em cinco anos

Marinha argentina vai analisar ruído vindo de região onde submarino desapareceu

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística